Biofeedback Eletromiográfico

O exame é capaz de quantificar o nível de contração muscular identificando se determinado músculo está ativo e qual a proporção de atividade dele.

A tecnologia é extremamente importante na Fisioterapia Uroginecológica por possibilitar exatidão no diagnóstico ao analisar o funcionamento dos músculos de forma efetiva.

Tratamentos uroginecológicos

A técnica utiliza equipamentos eletrônicos para revelar aos pacientes o funcionamento do músculo do assoalho pélvico.

É possível identificar a capacidade máxima de contração muscular, o tempo de resposta para recrutar a musculatura, o período que o paciente consegue manter a contração, além da fibra muscular dominante.

Esses dados são essenciais para criar uma conscientização pélvica no paciente e para prescrever o melhor tratamento.

Além disso, eles auxiliam na prevenção da incontinência urinária, problema tão comum entre as pessoas.

Isso ocorre porque o profissional da saúde ajudará o paciente a realizar exercícios de contração muscular visando desenvolver um maior controle da bexiga e fortalecer os músculos, auxiliando a continência urinária.